Saiba como Usar a Internet a Favor do Marketing de Serviço

Necessidades reais x necessidades criadas: cada um tem as suas. No primeiro caso, ok, elas terão que ser satisfeitas de alguma forma, em algum momento e o desafio é demonstrar que o que você oferece, seja produto ou serviço, é a melhor solução. Já no segundo caso, o processo é um pouco mais complexo, porque é necessário criar no imaginário do consumidor, esta necessidade, este desejo, para depois se mostrar como a solução certa. Pois bem, o marketing é o responsável por criar no imaginário do público-alvo, desejos que se transformam em necessidades, que são atendidas por meio do consumo de bens ou serviços e ele se modificou muito nos últimos anos. Até pouco tempo atrás, as estratégias de comunicação eram as mídias tradicionais: TV, rádio, jornal impresso, revista, além de materiais de apoio como flyers, folders, cartões de visita, para citar alguns exemplos. Com a internet, surgiu o marketing digital, focado no público que está sempre conectado nos meios online: sites, redes sociais e blogs. Por tudo isso, o uso da internet tem sido cada vez mais parte do planejamento de comunicação.

 

Saiba como Usar a Internet a Favor do Marketing de Serviço

Marketing de Produtos X Marketing de Serviços

 

Essas são outras duas variáveis do vasto universo do marketing e na forma de fazer esta comunicação. Um detalhe extremamente importante é pensar que produtos são tangíveis, enquanto serviços, não. Um produto é concreto, materializado, pode ser tocado, enquanto que o serviço tem natureza abstrata, portanto este valor é intangível e pode variar mais, de pessoa para pessoa, de acordo com cada experiência. O capital humano se torna um diferencial na questão dos serviços, o que não acontece de forma tão forte com os produtos. Quem presta este serviço pode fazer total diferença, tanto positiva, quanto negativa. O atendimento é parte essencial na prestação de serviço, o que acontece também, mas não de forma tão decisiva com os produtos. Portanto, valorize e invista na sua equipe, ela é um diferencial competitivo no seu negócio, no seu dia a dia e no seu marketing também. Outra particularidade dos serviços é a de que eles estão sujeitos a mais variáveis, do que os produtos. A cada experiência, este resultado pode ser mais positivo ou negativo, depende do cliente, do dia, do atendimento, enfim, é muita coisa junta e misturada né!? Tudo isso contextualiza a diferença entre marketing de produto e marketing de serviço e porque o segundo é mais desafiador e complexo do que o primeiro.

 

Saiba como Usar a Internet a Favor do Marketing de Serviço

Os 7 Ps do Marketing de Serviço

 

Produto, Preço, Praça, Promoção, Processos, Pessoas e Palpabilidade. É fundamental ter a consciência destes sete pontos na sua prestação de serviços. O que você entrega (produto, mesmo que enquanto serviço), quanto você cobra (preço), onde você entrega (praça), como você comunica o seu negócio (promoção), como funciona o seu atendimento, pré e pós-venda (processos), quem é a sua equipe (pessoas) e os aspectos visuais do seu trabalho, como apresentação e comunicação visual, ou seja, detalhes que diminuem a tão delicada intangibilidade (palpabilidade).

 

Saiba como Usar a Internet a Favor do Marketing de Serviço

O Conteúdo como Conquista de Autoridade

 

Internet, sem dúvidas, é uma grande aliada, porque permite falar mais diretamente com o seu público-alvo, você pode focar nas pessoas, trabalhar diferenciais, estabelecer metas, mensurar resultados e se tornar autoridade por meio de uma narrativa consistente, de um conteúdo de valor e que faça diferença na vida das pessoas.

A jornada de compra tem o objetivo de representar os passos que o cliente percorre até a aquisição. Na etapa de aprendizado e descoberta, o comprador ainda não sabe muito bem que tem um problema ou oportunidade de negócio. O objetivo nessa etapa é despertar o interesse. Um texto instigante, sedutor, atrativo, é determinante nesta etapa. Já no reconhecimento do problema, o comprador identifica que tem um problema/oportunidade de negócio e começa a pesquisar mais sobre, incluindo as possíveis soluções. É o momento de esclarecer, de apresentar problema, mas também, possibilidades.

Na sequência tem a consideração da solução, quando o comprador já sabe algumas possíveis soluções para resolver aquele problema e começa a avaliar as alternativas para solucioná-lo. Nesta etapa, é importante conseguir criar um senso de urgência grande, o que proporciona a efetivação da aquisição. Enquanto que na decisão de compra, o comprador está comparando as opções disponíveis e pesquisando qual delas é a melhor para ele. É importante nesta etapa ressaltar os diferenciais competitivos de cada uma das soluções, já que o objetivo é o de sair ganhando nesta disputa. É o momento da persuasão pelo conteúdo.

Conhecer a jornada de compra e quais são os principais marcos dela permite planejar as etapas de vendas que cobrem os gargalos, qualificam o cliente e diminuem o ciclo de venda. Por isso, marketing e vendas devem trabalhar juntos neste processo. E a comunicação precisa estar alinhada a tudo isso, por meio de um conteúdo estruturado e que faça sentido em todas as etapas do processo e para o bom funcionamento de todas as etapas.

É muito necessário saber quem é o cliente com quem devemos conversar nas ações de marketing de serviço. O público-alvo é a definição social, econômica e demográfica de quem vai consumir o seu produto. Até tempos atrás, definir público-alvo era o primeiro passo para uma campanha de marketing digital. Mas com a evolução das ferramentas, ser cada vez mais preciso neste momento se tornou necessário e surgiu aí o conceito de persona ou buyer persona, que do inglês significa pessoa comprador ou consumidor, trazendo para a nossa realidade. A persona é considerada mais completa e é caracterizada por um perfil que represente o seu cliente ideal. A ideia é compreender quem é o seu cliente e quais as necessidades dele, informações que vão gerar estratégias de marketing mais assertivas. Além dos elementos verificados pelo levantamento do público-alvo, a buyer persona geralmente traz um nome fictício para humanizar a conexão, uma breve descrição sobre o cotidiano dela, profissão, hábitos de compra, estilo de vida, redes sociais mais utilizadas, hobbies, valores, dores ou queixas relacionadas ao seu produto, dúvidas e anseios, ambições. A persona foca em quem deve ser o foco principal de uma campanha de marketing, o consumidor. Enquanto o público-alvo trabalha com definição ampla de pessoas que podem querer o seu produto, sem falar sobre alguém específico ou sobre hábitos, a buyer persona atua com definição específica, do personagem específico, o consumidor ideal, com detalhes sobre hábitos e trabalho. Daí ser considerada mais completa e com maiores probabilidades de assertividade. Sabendo quem são: público-alvo e buyer persona da sua empresa, fica muito mais fácil direcionar o marketing para ambos.

Realidade para buscar as oportunidades certas de cada momento; qualidade porque o seu público quer e anda cada vez mais exigente; surpresa porque quem não gosta de ser surpreendido? É a mistura ideal em busca do conteúdo perfeito!

É sempre muito importante produzir conteúdo inédito e constantemente atualizado, com assuntos do momento e que esteja alinhado com a persona ou com as personas que você precisa atingir. Saber com quem você está falando muda até mesmo a linguagem a ser utilizada. O conteúdo é a ponte entre você e o seu possível cliente, nesta construção de um relacionamento de confiança.

 

A prova social vem ganhando cada vez mais credibilidade e vem de clientes que já se beneficiam do seu serviço, o famoso boca a boca. Em geral, essa maneira de conseguir potenciais clientes não é previsível. Quando falamos de uma venda mais complexa, é difícil uma venda direta sem falar com um vendedor. Por isso o papel da indicação está justamente em alimentar novas oportunidades. Para ter boas indicações você precisará de fato entregar valor para o seu cliente. Uma empresa que não está cumprindo o que promete, além de não ter indicações, terá pessoas falando mal de seu produto/serviço, gerando uma associação negativa à marca. Na internet então, a repercussão disso é ainda maior. Os depoimentos das pessoas também são chamados de prova social, muito valorizada na construção de imagem e de reputação de uma empresa, nos dias atuais.

 

Do panfleto que você pegou no semáforo ao anúncio no intervalo do telejornal: tudo é marketing. E no caso do marketing tradicional, campanhas pequenas a enormes são possíveis de serem executadas, com as mais diferentes estratégias. Gastar mais ou gastar menos vai depender das possibilidades do orçamento e de quanto de público você quer atingir. Enquanto isso, a comunicação online é um novo jeito de fazer publicidade e propaganda. E a ordem agora é criar e manter relacionamento com o consumidor. Desenvolvimento Web – do site ao aplicativo, isca digital, automação de marketing digital, anúncios em canais do Youtube, campanhas de Facebook Ads, Linkedin Ads, Google Ads, links patrocinados, remarketing, catálogo digital, consultoria e gestão de mídias sociais, além de otimização de SEO são algumas ferramentas. Cada uma conversa com um público diferente, de uma maneira particular. O conteúdo deve ser construído, pensando todas estas particularidades.

 

Saiba como Usar a Internet a Favor do Marketing de Serviço

Conte com uma Equipe Experiente, Conte com a Agência Caravela!

 

Contribuir para os seus resultados é a missão da Caravela, em uma década de serviços prestados, como agência de publicidade e propaganda e agência de marketing. Nossa equipe conta com publicitários para atendimento, jornalistas para conteúdo, designers para criação, desenvolvedores e programadores para web e mobile e gerente de mídia para pensar o seu marketing online. Em um só lugar, você tem estudo e definição de estratégias, produção das peças e mídias a serem utilizadas e aplicação com acompanhamento e mensuração. A Caravela é a sua agência digital no Sul de Minas e Leste Paulista. Só mesmo quem tem experiência no assunto e uma equipe completa para esta missão, pode garantir a produção do melhor conteúdo. Material para sites, aplicativos, landing pages, e-books, posts para blogs e redes sociais: tudo isso pensado e feito especialmente para a sua empresa e de acordo com os objetivos a serem atingidos. É trabalho personalizado com assertividade e resultados garantidos! Conheça nosso site, acesse nosso blog para entender mais sobre o vasto universo da comunicação e conte com o nosso trabalho para melhorar o seu! Venha conversar com a gente, será um prazer fazer parte da sua história de sucesso!

 

Serviço:

Agência Caravela

Localização: Rua Rio Grande do Sul, 1.182, Centro – Poços de Caldas (MG)

Telefone: (35) 3722-2350

Site: www.agenciacaravela.com.br/

 

Veja mais informações e dicas em nossas Redes Sociais:

Facebook: www.facebook.com/agcaravela

Instagram: @agenciacaravela

Blog: www.agenciacaravela.com.br/noticias

Contribuir para os seus resultados é a missão da Caravela!
–– compartilhar