Marketing 4.0: a Revolução do Digital

A internet, as redes sociais e o e-commerce mudaram a forma com a qual nos relacionamos com a gente mesmo, com os outros e com o consumo também. Como resultado de toda esta transformação, surge o Marketing 4.0, a Revolução do Digital. Muito mais do que ter ou saber usar as ferramentas da internet, Philipe Kotler, o pai do Marketing 4.0, diz que é preciso outra mentalidade, já que o 4.0 está muito mais ligado ao mindset do que às ferramentas, que já existiam antes dele. Com a Rede, o mundo se volta para a inclusão social e o senso de comunidade, ao eliminar barreiras geográficas e demográficas. Dentro desta nova mentalidade, já é possível ver que as estruturas de poder verticais estão se diluindo, aumentando a competitividade de pequenos negócios e dando lugar a relações horizontais entre marcas e consumidores. Somado a tudo isso está o fato de que as opiniões sociais compartilhadas nas comunidades digitais influenciam cada vez mais as opiniões individuais. É este novo público que cada vez mais acessa as tecnologias e por meio delas, promove mais esta transformação.

 

Marketing 4.0 : a Revolução do Digital

A Transformação em Quatro Etapas

 

No Marketing 1.0, o panorama era: poucas opções para o consumidor e baixa concorrência entre as empresas. Essa combinação tornava a comunicação voltada apenas para os produtos e a empresa. O consumidor ficava em segundo plano neste processo.

No Marketing 2.0, a concorrência já é maior e surge a necessidade de construção de uma marca, uma identidade para diferenciação. Aqui, os consumidores começam a ficar mais exigentes, porque sabem que podem escolher. Começam ainda a aparecer nesta etapa, dois elementos importantíssimos: segmentação de mercado e público-alvo.

No Marketing 3.0, surge com força o conceito da personalização, especialmente para nichos de mercado. As marcas passam a assumir valores, defender causas e bandeiras. Muito mais do que criar e vender algo, a expectativa cada vez mais, é que as marcas gerem valores também. Neste momento, a internet já figura como ferramenta do Marketing.

No Marketing 4.0, podemos ver a união dos conceitos das versões anteriores, associada ao fato de que fica valorizada a necessidade de estratégias para uso das ferramentas. O ser humano se torna central neste contexto e precisa ser entendido, compreendido, atendido, satisfeito. Temos aqui quatro estágios do Marketing que não se excluem, ao contrário. Se reinventar e se adaptar em meio à revolução digital é o desafio desta modalidade.

 

Marketing 4.0 : a Revolução do Digital

Quem é o seu Alvo

 

Pela riqueza de informações, a buyer persona pode ser utilizada em todas as etapas do processo de vendas. O processo tem melhor linguagem, humaniza o potencial cliente e além disso traz informações relevantes para a execução de uma campanha de marketing digital, tais como: em quais redes sociais investir em anúncios e em quais meios de comunicação apostar; quais assuntos abordar; formatos de conteúdo ideais; palavras-chave; oportunidades de upsell e cross sell; melhores momentos para ofertar um produto e estilo e periodicidade do e-mail marketing, para citar apenas alguns exemplos. Já o público-alvo é a definição social, econômica e demográfica de quem vai consumir o seu produto. Até tempos atrás, definir público-alvo era o primeiro passo para uma campanha de marketing digital. Identificar público-alvo e buyer persona significa saber com quem você precisa falar, quem você precisa satisfazer!

 

Marketing 4.0 : a Revolução do Digital

A Importância das Palavras-Chave

 

Sites de busca, também chamados de motores de busca, mecanismos de busca, mecanismos de pesquisa ou simplesmente buscadores, são hoje a principal fonte de procura de informações por todo o tipo de usuários da internet. Por isso, estar bem posicionado nestes resultados é a chave do sucesso na internet. E isso não ocorre por acaso. SEO é a sigla para Search Engine Optimization, em português, conhecido como otimizador de sites. É um conjunto de técnicas que têm como principal objetivo tornar as páginas mais amigáveis para os sites de busca, trabalhando palavras-chave selecionadas no conteúdo do site de forma que este fique melhor posicionado nos resultados orgânicos, ou seja, sem pagamento para isso. O SEO surgiu com a nova geração de sites de busca. Antes dela, a organização dos links em uma página de resultado era alfabética como nos diretórios web. Na nova geração de ferramentas de busca, o posicionamento passou a depender da relevância. Esta relevância é definida por algoritmos, que são cálculos que servem para definir o quanto uma página é importante. Um dos mais conhecidos algoritmos de busca é o Google PageRank. O que o público quer ver também é valorizado aqui.

 

Marketing 4.0 : a Revolução do Digital

Desenvolvimento Web

 

Desenvolvimento web é a área específica para o trabalho de elaboração de sites. Envolve diversas questões, como o frontend, que seria o que você usuário, enxerga de uma página, quando navega por ela. Para tudo isso funcionar, há também o backend, que é a programação que faz os seus comandos serem obedecidos, quando por exemplo você clica em um link, tenta enviar dados por formulário ou até mesmo realizar uma compra online. Então, de uma forma simples para fácil entendimento, frontend é o site e backend, o painel administrativo. São programadores e desenvolvedores os responsáveis por fazerem esta engrenagem funcionar de forma alinhada e harmônica. Sem dúvidas, são elementos importantíssimos e indispensáveis. De nada adianta ter uma página linda mas que não “funciona” corretamente. Uma página ruim do ponto de vista estético também não é uma opção legal, mesmo que ela tenha um backend excelente. Frontend e backend são complementares e necessários. Mais do que a ferramenta, o que o consumidor espera dela é a prioridade.

 

Marketing 4.0 : a Revolução do Digital

Desenvolvimento Móbile

 

Na sociedade da informação e em meio a era da velocidade, a tecnologia mobile ganha cada vez mais força e cai de vez no gosto dos brasileiros. Isso representa um público consumidor que exige mais rapidez e facilidade na hora de adquirir um produto ou serviço. Diante destas evidências, fica claro que ter presença digital efetiva já não significa mais apenas estar nas redes sociais, ter um site ou loja virtual. Além de tudo isso, é necessário também pensar mobile, ou seja, oferecer tudo o que for necessário para os formatos tablet e smartphone. Nossa equipe de desenvolvedores e programadores também pensa mobile, para você e a sua empresa estarem sempre mais perto deste novo público, seja no formato Android, seja no formato IOS. Além disso o desenvolvimento mobile inclui tornar sites responsivos, ou seja, adequados também para o acesso destes dispositivos mobiles, como tablets, celulares e smartphones. Quanto mais próximo do consumidor, melhor!

 

Marketing 4.0 : a Revolução do Digital

UX Design

 

O trabalho de UX Design consiste na aplicação de uma ciência que estuda e se debruça a entender e a satisfazer essa relação de um produto com o usuário, buscando essa aproximação de forma natural e simples. Em se tratando de UX Design, são considerados produtos, diversas plataformas de interação, tais como: site ou website, aplicativo ou dispositivo móvel. Talvez, a surpresa para muita gente é que o UX Design não se aplica somente a produtos e serviços da cibercultura: até mesmo um ponto de venda, por exemplo, pode (e deve) ser pensado e melhorado, sob a ótica de oferecer a melhor experiência ao consumidor. Vale para qualquer marca, de diferentes produtos e serviços, porque pode interferir diretamente nesta experiência. É certo também que este conceito é bastante individual, variando de pessoa para pessoa, mas é fato que esta opinião passa por pontos comuns para a maior parte das pessoas, tudo baseado em pesquisas, testes e estudos realizados constantemente com o objetivo de entender como estas questões podem e devem ser mensuradas. O UX Design é parte importantíssima de todo o processo de “venda” da sua identidade, dos valores da sua marca ou dos seus produtos ou serviços propriamente ditos. Conseguir gerar uma percepção positiva por meio deste primeiro contato e das experiências geradas neste momento, sem dúvidas, otimiza e potencializa todo e qualquer investimento feito em desenvolvimento e comunicação. Este relacionamento baseado em boas experiências é forte o suficiente para fidelizar clientes. A aplicação do UX Design envolve – mas não se limita – às pesquisas sobre o perfil e comportamento do usuário, a mensuração e coordenação de interações físicas e cognitivas. Assim como a coordenação, projeção e desenvolvimento de processos para facilitar a experiência e satisfazer o usuário também fazem parte. Este resultado envolve vários elementos que juntos, proporcionam esta melhor experiência. Mas, afinal, o que seria a melhor experiência? Como medir isso? O que é para você uma página interessante e gostosa para se navegar? O primeiro ponto sem dúvidas é a beleza da página, conquistada pela união de diversos fatores: harmonia entre texto, imagens e cores utilizadas no projeto gráfico. Já a organização do layout facilita inclusive a localização de conteúdos tornando a página intuitiva. A velocidade com que os elementos são “carregados” para visualização também tem haver com essa sensação de boa experiência na navegação. Sites muito “pesados”, pensados sem esta previsão, tendem a ter um “trânsito” mais difícil, usando uma figura de linguagem para que você entenda melhor. Ninguém gosta de ficar parado em um engarrafamento ou levar horas para andar poucos quilômetros. Essa área responde pelo “cartão de visitas” da sua loja virtual. Se você chega, se sente bem e à vontade, você fica, olha outras coisas, compra e volta mais vezes. Do contrário, nunca mais vai querer repetir a experiência. Se identificou? Pois é, já aconteceu com todo mundo! A primeira impressão é a que fica, já se fala nisso e não é de hoje. Olha a preocupação com o consumidor aí novamente como prioridade.

 

Marketing 4.0 : a Revolução do Digital

Só a Agência mais completa da Região pode oferecer  o melhor em 4.0!


É evidente que todas as transformações, provocadas pela Internet, impactam também nas empresas. Entre as novidades, está a mudança na lógica de negócios, cada vez mais inclusiva, horizontal e social. São diversos paradoxos, especialmente para uma sociedade capitalista e entender estas mudanças é fundamental para continuar no mercado, se estabelecer, crescer. A convergência de mídias está aí, unindo online e offline, mostrando que elas não se excluem, mas se complementam, para atender aos mais variados tipos de público. Da concepção, passando por design, conteúdo e pensando na experiência do usuário, temos um time completo para desenvolver, produzir e criar para você, sempre com a preocupação de compreender os anseios deste público 4.0. Com atendimento personalizado, nosso grande diferencial é oferecer em um só lugar, publicidade e propaganda, marketing digital, comunicação interna e desenvolvimento web e mobile. Entre em contato com a Agência Caravela e também conheça de perto os avanços do Marketing 4.0, porque aqui, o futuro é agora!

 

Serviço:

Agência Caravela

Localização: Rua Rio Grande do Sul, 1.200, Centro – Poços de Caldas (MG)

Telefone: (35) 3722-2350

Site: www.agenciacaravela.com.br/

 

Veja mais informações e dicas em nossas Redes Sociais:

Facebook: www.facebook.com/agcaravela

Instagram: @agenciacaravela

Blog: www.agenciacaravela.com.br/noticias

Só a Agência mais completa da Região pode oferecer  o melhor em 4.0!
–– compartilhar