Gestão de Redes Sociais: como isso pode ajudar no seu negócio!

 Pense em você e nas pessoas mais próximas: qual delas não está em nenhuma rede social? Está cada vez mais difícil achar alguém totalmente off-line né!? E a tendência é isso se tornar praticamente impossível. O mundo digital é uma realidade e faz parte da vida até mesmo daquelas pessoas que se dizem ‘ analógicas’ ou mais resistentes a tanta tecnologia. Também sabemos que quando falamos em redes sociais, são várias as opções, mas antes de ativar uma campanha é importante pensar na finalidade e definir qual público deve ser atingido. Isso vai possibilitar escolher a rede social mais adequada para o seu objetivo. O uso de redes sociais no mundo é uma questão que está em constante evolução, e bem sabemos como o curto espaço de alguns meses, às vezes, é o suficiente para virar esse cenário de cabeça para baixo. Por isso, é fundamental acompanhar as mudanças de apropriação das redes. E não tem jeito melhor de fazer isso do que, simplesmente, usando-as. Neste post, vamos nos dedicar a pensar melhor sobre o Facebook, que conquistou a posição de rede social mais popular do mundo em meados de 2008, substituindo, três anos depois, um dos grandes fenômenos das redes sociais no Brasil: o Orkut. Ainda hoje, não é surpresa que a rede esteja em primeiro lugar no país. O Brasil é o terceiro país mais ativo no Facebook, perdendo apenas para os EUA e a Índia. Ao todo, são mais de 105 milhões de usuários por aqui, sendo 54% do público feminino. Graças à volumosa adesão de usuários a esta rede social, o conceito de viralização de conteúdo, em que o compartilhamento entre as pessoas vai aumentando em cadeia, vem se tornando cada vez mais comum em todas as relações online que funcionem dentro da lógica de rede social. Assim, o Facebook tem ditado as regras de comportamento em redes sociais, principalmente quando se diz respeito aos perfis corporativos, que já adotam estratégias de marketing específicas para o aumento de visualizações.

  Grupos do Facebook


Ferramenta gratuita, os grupos do Facebook trazem muitos benefícios e é simples entender o porquê. Estas ´comunidades´ concentram pessoas com interesses comuns por determinados produtos, assuntos ou serviços. Isso significa que se trata de um público específico e já reunido para receber a mensagem. Para ganhar a confiança destes grupos de nicho, o ideal é em um primeiro momento, publicar artigos, dicas úteis e informações relevantes sobre o seu produto, para depois falar diretamente a respeito da sua loja virtual. A audiência ´seduzida´ pelo seu conteúdo tende a aceitar com mais eficácia, a sua proposta de venda.

Facebook Ads


É muito conteúdo para muita gente e aí fica mais do que necessário filtrar tudo. Para isso, o Facebook possui um algoritmo, o Edge Rank, que determina o conteúdo mais relevante para cada usuário com base em todo o comportamento dele na rede social. Por isso, o impulsionamento faz diferença na comunicação do Face. Porque depender somente da audiência orgânica significa limitar o seu alcance. O Facebook Ads funciona por meio de anúncios publicitários veiculados dentro da própria plataforma. Permite segmentação por meio de diversas informações, como localização, idade, gênero, idiomas, entre inúmeras opções. O orçamento é diário e você pode administrá-lo de acordo com o dia a dia do seu negócio ou levando em conta os resultados obtidos. A Agência Caravela tem uma equipe especializada para te orientar em todas as etapas deste processo. Venha conhecer a gente e diga adeus a qualquer dificuldade de comunicação nas redes sociais!

Como anunciar no Instagram Instagram Ads

Com a possibilidade de se montar anúncios, o Instagram logo se tornou a queridinha dos publicitários. Com um modelo simples, que atende desde usuários iniciantes, até os mais experientes, ela já conta com mais de 300 milhões de usuários ativos diariamente. Os brasileiros já são responsáveis por 6.55% do tráfego total da rede, atrás dos russos 7.65% e, claro, estadunidenses 19.97%. O Instagram hoje é fundamental em toda boa estratégia de marketing com foco na gestão de comunidade e em busca de engajamento por parte de seu público. Recentemente, foi a rede social que apresentou maior crescimento em adesão pelas empresas, passando de 42% de adoção para 47,9% e se tornando a segunda colocada em preferência pelas marcas no Brasil. Atualmente três tipos de campanhas são compatíveis com o Instagram: cliques no site, instalações do aplicativo móvel e visualizações do vídeo.

Pinterest Ads

Fundada em 2010, o Pinterest é uma rede social usada para o compartilhamento de imagens de qualquer tipo. O usuário pode favoritar o conteúdo e criar pastas compartilháveis que, hoje em dia, são muitíssimos populares nos segmentos de moda, maquiagem, artesanato e decoração. A rede tem mais de 70 milhões de users cadastrados, com cerca de 80% de mulheres como usuárias ativas. No Brasil, temos apenas 8% da população utilizando essa rede social, 2% a mais que no ano passado. Com a adição de novos recursos para compra e uso promocional da rede, é bem possível que ela continue a crescer por aqui.  

Youtube


A segunda maior ferramenta de busca do mundo, o Youtube é muito mais do que apenas uma plataforma de vídeos na internet. O canal de entretenimento e de informação já faz parte do nosso cotidiano. Se fosse uma emissora de TV, o Youtube teria mais audiência que todos os canais de TV a cabo juntos e estaria atrás apenas da Rede Globo.

Orgânico

Só de saber que são mais de um bilhão de acessos mensais e que 50% das pessoas que utilizam a internet, também utilizam o Youtube, já dá para imaginar o potencial que este canal representa de forma natural, orgânica. Imagine então isso intensificado por ações para gerar valor para o seu e-commerce?

Pago


Comprado pelo Google em 2006, desde então, os vídeos do Youtube também passaram a aparecer nos resultados da busca do site e com destaque. Tudo que é publicado no Google, que também é uma rede social, com títulos, descrições e tags otimizados para oferecer o melhor conteúdo para o seu público pode conseguir um melhor pagerank e um melhor posicionamento nos resultados das buscas tanto no YouTube quanto no Google. O YouTube permite que vídeos com conteúdo sobre os produtos e serviços e outros assuntos relevantes para o público da marca sejam publicados e compartilhados gratuitamente. Essa ferramenta deu mais voz às empresas e a possibilidade de se comunicar com o consumidor, gerar valor e construir relacionamento. Já é comprovado que vídeos são ótimas mídias para aumentar a taxa de conversão em lojas virtuais. Isso porque eles facilitam o processo de compra, por meio de tutoriais de como fazer ou de como usar, ou ainda de vídeos que demonstrem o produto, benefícios, diferenciais. Dentro do vídeo, um link permite ir diretamente para a loja virtual, de forma rápida, sem complicação.

A ferramenta Hangouts, que funciona na plataforma do YouTube, também pode ser usada com a finalidade de facilitar o processo de venda. A realização de conversas ao vivo para responder perguntas e tirar dúvidas, traz mais confiança ao consumidor e ao seu e-commerce também. Todo este material informativo vai gerar reputação e credibilidade. O e-commerce vem ganhando cada vez mais espaço. Segundo a ABComm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, o setor faturou no Brasil, em 2017, R$ 59,9 bilhões, crescimento de 12% na comparação com o resultado obtido em 2016.

De acordo com o levantamento, o principal motivador das compras online continua sendo as buscas no Google, já que mais de 50% dos pedidos têm origem neste canal. Comodidade, possibilidade de pesquisar preços sem sair de casa, garantir melhores condições de compra e ainda assim, receber o produto em domicílio, são alguns motivos que justificam a preferência por esta possibilidade. Claro que quem compra pela internet, gosta da internet, está sempre conectado. Óbvio pensar então que este consumidor vai procurar pelo seu produto ou serviço, na internet. Mas neste mesmo ambiente estão também, outros milhares ou até milhões de oportunidades. Como se destacar entre tanta gente? Como aparecer para quem quer comprar o seu produto? A gestão de mídias sociais é uma ferramenta poderosa. Aparecer ou não aparecer nestes ´locais´ pode ser a diferença entre o sucesso ou fracasso de uma empresa. Isso é válido não apenas para empresas de e-commerce, que vendem produtos diretamente em suas lojas virtuais, mas para qualquer negócio aonde os potenciais clientes vão até a internet para buscar os seus fornecedores ou prestadores de serviços. Gerenciamento e monitoramento de redes sociais, mídia digital, estratégias de marketing, monitoramento de redes sociais:  todas estas são ferramentas úteis e com excelentes resultados para a divulgação do e-commerce.

Aqui no blog da Agência Caravela, você encontra informações a respeito de todas elas. E se quiser saber ainda mais, temos uma equipe preparada para esclarecer todas as dúvidas e te orientar neste universo a ser mapeado e navegado com calma e muito sucesso! Conte com nossa experiência comprovada em cases de sucesso e garanta melhores resultados para o futuro do seu negócio!  

–– compartilhar