Dicas de Inbound Marketing para e-commerce

O Marketing de Atração em uma tradução livre é a estratégia que consiste em criar e manter relacionamento com o consumidor. A propaganda tradicional vem perdendo credibilidade. Em meio a tanta concorrência, com tanta gente fazendo mais do mesmo, é necessário se destacar, mostrar que é diferente. Vender mais significa ganhar mercado, o inbound marketing faz isso! 

 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Atrair

Sua marca, sua empresa, produto ou serviço, precisam ser encontrados no Google, na mídia social ou nos blogs. 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Converter 

Aparecendo nestes canais, vão aparecer também contatos, pedidos de orçamento, solicitação pelo seu produto ou serviço. Este é outro princípio do Inbound Marketing: quem procura a empresa é o cliente. 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Fechar 

È a consumação do negócio, proporcionada pela estratégia de comunicação adequada, assertiva. Surge aí a oportunidade de enfim, provar que o seu produto ou o seu serviço realmente é o melhor! 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Encantar 

Porque cliente satisfeito é cliente fidelizado. É a melhor propaganda que você pode ter para atrair outros clientes. Na internet então, a propagação dessa mensagem ganha ainda mais alcance. Depoimentos de encantamento seduzem e convencem novos consumidores de que investir em você vale a pena, sem sustos, sem riscos! É a prova social cada vez mais valorizada. 

 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Estratégias de Marketing Digital 

Crie Relacionamento com Marketing de Conteúdo

A cada vez que fazemos uma pesquisa em um site de busca, aparecem diversos resultados. Não por acaso, algumas páginas aparecem nas primeiras posições destes resultados. São dois caminhos para obter este ranqueamento. Um deles é o SEO. SEO é a sigla para Search Engine Optimization, em português, conhecido como otimizador de sites. É um conjunto de técnicas que têm como principal objetivo tornar as páginas mais amigáveis para os sites de busca, trabalhando palavras-chave selecionadas no conteúdo do site de forma que este fique melhor posicionado nos resultados orgânicos, ou seja, sem o pagamento para isso, por isso, de forma espontânea. O SEO surgiu com a nova geração de sites de busca. Antes dela, a organização dos links em uma página de resultado era alfabética como nos diretórios web. Na nova geração de ferramentas de busca, o posicionamento passou a depender da relevância, da qualidade do material disponibilizado. Esta relevância é definida por algoritmos, que são cálculos que servem para definir o quanto uma página é importante. Um dos mais conhecidos algoritmos de busca é o Google PageRank. O SEO também depende da palavra-chave que é o termo que você usa em uma busca. Dependendo de quais palavras você utiliza, serão retornadas páginas diferentes em posições diferentes. O SEO pode ser dividido em duas partes. Fatores internos e fatores externos. Os internos são relacionados ao site. Alguns exemplos são urls claras, utilização dos padrões web, títulos de página racionais e a correta utilização das tags html que é linguagem utilizada para construir páginas web. Já a parte externa analisa como os outros sites se relacionam com o site. Os exemplos são quantidade de links apontando para o site, quais sites apontam o site e o conteúdo do link apontado. Dependendo destes fatores, as páginas são pontuadas pelo site de busca para que ele possa determinar a relevância da pagina e quais as palavras-chave relacionadas a ela. Os blogs são fundamentais para criar relacionamento, confiança e informar sobre seu trabalho e sobre seus serviços. E-books também são estratégias interessantes para cadastro de leads, ou, endereços de e-mail. As landing pages são outra fonte de comunicação fundamental, contêm detalhes que os usuários precisam para avançar e converter no processo do inbound marketing. Crie uma landing page específica para cada uma de suas ofertas como, por exemplo, para resgatar códigos de desconto, para baixar um guia gratuito ou para iniciar uma versão de avaliação gratuita de algum software. 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Estratégias de Marketing Digital 

Os Leads Qualificados 

 

Muito mais do que endereços de e-mails, leads são e devem ser encarados como oportunidades de negócios. Sim, porque cada um que investiu tempo, preenchendo seu formulário, demonstrou interesse no que viu ou mais do que isso, tem um problema a ser resolvido e acredita que você pode ter a solução. Olha só que poder! Mas este é apenas o primeiro passo desta jornada. Com um ‘empurrãozinho’, o processo tem mais chance de resultados satisfatórios. O lead scoring é uma maneira de pontuar estes contatos. Trata-se de uma estratégia de classificação para que dentro do seu universo de leads, você tenha mais informações a respeito da sua base de contatos. Em termos práticos, significa que seu time de vendas só abordará leads com uma pontuação específica, portanto, mais suscetíveis às conversões. Isso é definido, levando em conta o perfil do lead em relação a persona da empresa, associado as interações que esse lead fez com a sua comunicação, durante o funil de vendas e especificamente, durante a jornada de compras. Baixar um e-book oferecido por você ou responder a uma pesquisa feita dentro da campanha, indicam que este lead está interessado no que você tem a dizer: isso eleva a pontuação do lead scoring. 

 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Estratégias de Marketing Digital 

O Remarketing 

 

 

Campanhas de marketing específicas para pessoas que já estiveram em seu site, mas abandonaram a página por algum motivo. O Remarketing cria campanhas para tentar fazer esse usuário retornar ao site, graças a um código instalado em todas as páginas do seu site, e que funciona como cookie. Dessa forma é possível traçar quais usuários estiveram no seu site através da página de audiência disponível na sua conta do Adwords. Quantas vezes você já não entrou em uma loja virtual, viu determinado produto, mas não efetuou a compra e saiu da página? Durante a navegação em outros sites, o anúncio do mesmo produto visto anteriormente, aparece novamente para você. Lembrou? Pois é, isso é Remarketing. Depois disso, é possível criar uma lista de Remarketing. É uma repescagem que visa a conversão daquele cliente que por algum motivo foi embora antes disso. 

 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Estratégias de Marketing Digital 

Segmentar é Preciso, Engajar Também! 

 

É como um quebra-gelo. É a mesma coisa que você chegar para alguém e puxar um assunto. Se a pessoa se interessar, ela irá continuar a conversa. Se não, ela vai desconversar ou simplesmente ignorar. É exatamente por isso que o método das quatro fases é capaz de gerar grandes resultados mesmo com pequenas listas. Você irá selecionar as pessoas certas, aquelas que realmente têm interesse naquilo que o seu negócio oferece. O aprofundamento do interesse das pessoas acontece na etapa de engajamento. Na segmentação, você comunica ao público que em um determinado dia e horário irá falar sobre um assunto específico. Na fase de engajamento é hora de entregar aquele assunto específico, e ele não pode ser “qualquer coisa”. A informação passada durante a etapa de engajamento precisa ser muito útil, algo que seja capaz de fazer a pessoa gerar resultados apenas com o conhecimento ensinado naquele conteúdo. É o chamado valor imediato. Imagine que uma pessoa escreve um livro fenomenal de 497 páginas e resolve disponibilizá-lo gratuitamente, como um bônus para quem se cadastrar em sua lista de e-mail. Você leria o tal livro? Provavelmente não. Ele pode ter muitas informações úteis, mas é gigantesco, leva muito tempo para ser consumido. O resultado é que a pessoa nem sequer lê o livro pela metade e acaba não aproveitando o verdadeiro potencial que ele possui. E se a pessoa não aproveita o valor, ela não irá perceber que você tem a solução para o problema dela. É por isso que a geração de valor imediato é tão importante. Na fase de engajamento você precisa preparar um conteúdo que entregue o melhor da sua estratégia no menor tempo possível. A lógica é simples: quanto mais rápido a pessoa perceber que você tem a solução para os problemas dela, mais propensa ela se sente a colocar em prática as suas dicas. E se as dicas rápidas que você deu funcionam, imagina o que as suas orientações mais detalhadas podem fazer. 

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Estratégias de Marketing Digital 

Mude o Foco! 

  1. Muitas empresas erram porque acham que o relacionamento que elas formaram com o cliente é à prova de decepções. O resultado disso é que elas fazem oferta seguida de oferta, para sempre. O Reset de Atenção é aquele momento em que você dará uma folga sobre aquele assunto para o seu público, e isso será feito com um conteúdo de valor, mas que não possui relação direta com a última campanha. Ele será o seu “café” para que a pessoa possa dar uma pausa e passar para uma próxima campanha.

Dicas de Inbound Marketing para e-commerce 

Estratégias de Marketing Digital 

Marketing de Atração é uma Especialidade Caravela! 

O e-commerce na prática demanda experiência. Como fazer seu site de venda aparecer? Como vender online com melhores resultados? Criar, desenvolver e-commerce e gerir esta engrenagem é uma arquitetura que exige dinamismo e visão de mercado. Conte com quem tem conhecimento, conte com a Caravela, a sua agência de marketing digital. 

Serviço:

 

Agência Caravela

Localização: Rua Rio Grande do Sul, 1.182, Centro – Poços de Caldas (MG)

Telefone: (35) 3722-2350

Site: www.agenciacaravela.com.br

 

Confira mais informações e dicas em nossas Redes Sociais:

Facebook: www.facebook.com/agcaravela

Instagram: @agenciacaravela

Blog: www.agenciacaravela.com.br/noticias

 

Vender mais significa ganhar mercado, o inbound marketing faz isso!
–– compartilhar