Conheça 5 boas práticas para anunciar no Google Shopping

    Quando utilizada de maneira correta, a plataforma pode ajudar a alavancar as vendas do seu e-commerce Goolgle Shopping é uma plataforma que exibe produtos das mais diversas lojas virtuais, fornecendo preços, imagens e descrições referentes à pesquisa. Quando um usuário faz uma busca simples como “TV LCD 42 polegadas”, no alto da página aparecerão os links patrocinados, com diversas opções de sites que oferecem o produto pesquisado.

    Para que seu e-commerce apareça nos links patrocinados, antes será necessário fazer um cadastro no Google Merchant Center, realizar uma série de protocolos, seguir especificações da plataforma e depois sim enviar as imagens dos produtos e suas descrições. O principal benefício em utilizar o Google Shopping é manter a sua loja virtual em evidência e, consequentemente, conseguir ótimas possibilidades de levar o usuário para o seu site e converter essa visita em vendas.Mas, para realmente conseguir essa conversão, é preciso seguir algumas regras básicas. Elas são chamadas de boas práticas. Confira cinco dicas para que a sua campanha no Google Shopping bombe!

1-Ofereça informações verdadeiras e sempre atualizadas: É importante que os dados que você irá fornecer sobre o seu produto na plataforma estejam sempre corretos. Dois casos podem atrapalhar a reputação da sua loja virtual: a primeira situação é o usuário encontrar um preço no anúncio e no site de vendas esse valor ser mais alto. Essa é uma péssima experiência para o consumidor, que pode se sentir enganado ou lesado. Então, nunca pratique dois preços! A outra situação é informar que o produto está em estoque quando, na verdade, ele já está esgotado. Os dois casos estão intimamente ligados ao processo de atualização de dados do Google Shopping. Por isso a primeira dica é justamente essa: mantenha os dados em dia de acordo com o que está na sua loja virtual. Caso a mudança de valores seja constante, é recomendável que você faça até quatro atualizações diárias: manhã, meio do dia, tarde e noite. Se mesmo assim não for suficiente, utilize a API For Shopping, onde o responsável pelo seu site pode fazer uma programação com o feed de produtos.

2- Escolha os melhores produtos para o anúncio: Quando for realizar a seleção para o Google Shopping é necessário que você escolha os produtos que são mais atrativos e não aqueles que não têm saída em sua loja virtual. Nesse caso, entender o comportamento do consumidor pode auxiliar nesse processo decisão de quais itens anunciar.

3- Elabore o anúncio corretamente: Outro passo extremamente importante é a elaboração dos anúncios da sua loja virtual para o Google Shopping. Será necessário pensar em um título chamativo, descrição e imagem. Todos os itens com qualidade e com os padrões determinados pelo Google. - Título: O título do seu anúncio precisa ser bem pensado e com palavras-chave que, provavelmente, o usuário vai utilizar na hora da pesquisa. Como no exemplo que citamos na introdução, se o seu produto é uma TV LCD 42 polegadas essa informação é o foco principal. Não há necessidade colocar cor e outras especificações do produto. Vale ressaltar que o Google aceita no máximo 70 caracteres nessa área.

- Descrição: A principal dica é que a descrição do seu produto não supere 1.000 caracteres, sendo que nos 100 primeiros você vai, mais uma vez, colocar as palavras-chave sobre o que pretende vender. Nesse espaço insira informações como detalhes e características referentes ao que está no título do anúncio. Atenção! Não são consideradas boas práticas: dizer que o seu produto é melhor que o do concorrente e falar sobre a sua loja. Esse espaço é dedicado exclusivamente para divulgar informações relevantes ao consumidor.

- Imagem: A escolha da imagem para a oferta também impacta e é algo que você precisa se preocupar. É recomendável que a foto utilizada tenha sempre foco no produto: não coloque sua logomarca. Busque sempre imagens nítidas e com boa resolução.

4-Fique de olho na concorrência: Nunca se esqueça de observar o que as lojas virtuais do mesmo segmento que o seu estão anunciando e quais os preços praticados. Nesse sentido, você poderá oferecer produtos similares e com valores competitivos de acordo com o mercado, sem perder sua margem de lucro!

5-Tenha um site responsivo: Vale ressaltar que essas buscas por produtos não são realizadas apenas em dispositivos como computadores. Smatphones e Tablets têm sido amplamente utilizados. Levando essa informação em consideração, seu site de vendas precisa ser responsivo. Em resumo: se adapte aos dispositivos móveis. Caso ele ainda não seja, todo o processo de conversão de vendas iniciado no Google Shopping pode ser prejudicado. Muitas vezes, o usuário não terá paciência ou tempo para visitar sua loja virtual através do computador! Por isso, é sempre importante verificar essa questão.

Criar grandes campanhas no Google Shopping pode parecer uma tarefa simples! Mas, caso você não consiga colocar em prática, procure profissionais capacitados que possam ajudá-lo a desenvolver a melhor estratégia para sua loja virtual estar entre as primeiras sugestões da plataforma!

Conheça 5 boas práticas para anunciar no Google Shopping
–– compartilhar