Você Sabe a Diferença entre Mobile e Responsivo?

 Essa previsão é muito importante, animadora, especialmente para quem trabalha com e-commerce. Segundo o Google, até 2021, mais compras online serão feitas na palma da mão, pelos smartphones que deverão responder por 41% do faturamento total. Estimativa que pode ser explicada pelo fato de cada vez mais pessoas utilizarem estes dispositivos para se conectarem. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, 92,1% dos lares têm acesso à internet, por meio de smartphones. Por tudo isso, se torna cada vez mais importante pensar em plataformas preparadas para isso. O que é para você uma página interessante e gostosa para se navegar? Harmonia entre texto, imagens e cores utilizadas no projeto gráfico, organização do layout e navegabilidade, são sem dúvidas, itens obrigatórios nesse “combo” da sensação de boa experiência na navegação. Layout mobile e layout responsivo são opções. Vamos saber mais sobre cada um deles.

 

Você Sabe a Diferença entre Mobile e Responsivo?

O Layout Responsivo

 

Desde a década de 1990 até hoje, a internet mudou e mudou muito. Do acesso discado em computadores de mesa à possibilidade de se conectar quando e por quanto tempo quiser, de onde estiver, por tablets ou celulares: é transformação que exige a todo momento, novas formas de se comunicar, de se apresentar a este crescente público. Dentro disso está o layout responsivo que nada mais é do que a adaptação de um site para que ele possa ser exibido em diferentes formatos de tela, de forma completa, sem falhas. Isso significa dizer que a página pensada inicialmente para um pc, pode ser vista também por um smartphone ou tablet. Do ponto de vista técnico, um código adaptado é o responsável por esta possibilidade que gera um ajuste capaz de proporcionar esta experiência. O responsivo exige investimento menor, atende as exigências do Google no que diz respeito ao ranqueamento, que melhora o desempenho nas buscas, mas, em contrapartida, pode apresentar carregamento mais lento e uma experiência que perde em relação ao mobile, por motivos óbvios e que ficarão mais claros a seguir.

 

Você Sabe a Diferença entre Mobile e Responsivo?

O Layout Mobile



A grande diferença entre layout responsivo e layout mobile, é que ao contrário do responsivo, adaptado para “rodar” em todas as plataformas, o mobile já nasce planejado, é criado para dispositivos móveis, pensado na experiência do usuário. nestes casos, um código de programação é pensado exclusivamente para a plataforma mobile, também chamada de mobile friendly. proporciona experiência superior ao usuário, com navegação mais rápida e mais confortável. a “desvantagem” é que o custo é mais alto. por toda a tecnologia embarcada, para lojas virtuais e e-commerce, o modelo mobile friendly é o mais indicado e o que mais trará os resultados esperados.importante lembrar que a responsividade está diretamente ligada aos melhores ranqueamentos obtidos no google. esta responsividade é avaliada e valorizada pelo google em forma de resultados e melhores posições para as buscas realizadas pelos usuários. além disso, atender seu cliente, com uma experiência online mais adequada ao que ele, de fato, espera, é essencial e impacta diretamente nos seus resultados.



O Designer UX 

Você Sabe a Diferença entre Mobile e Responsivo?

 

Oferecer a melhor experiência especialmente no ponto de contato de um produto e, ou serviço, com o seu público, baseado em interações humanas. Em uma frase, de forma simples e rápida, assim pode ser explicado o que faz um Designer UX ou UX Designer – User Experience Design ou Design da Experiência do Usuário. O trabalho de UX Design pode ser considerado a aplicação de uma ciência que estuda e se debruça a entender e a satisfazer essa relação de um produto com o usuário, buscando essa aproximação de forma natural e simples. Em se tratando de UX Design, são considerados produtos, diversas plataformas de interação, tais como: site ou website, aplicativo ou dispositivo móvel. Talvez, a surpresa para muita gente é que o UX Design não se aplica somente a produtos e serviços da cibercultura: até mesmo um ponto de venda, por exemplo, pode (e deve) ser pensado e melhorado, sob a ótica de oferecer a melhor experiência ao consumidor. Vale para qualquer marca, de diferentes produtos e serviços, porque pode interferir diretamente nesta experiência. É certo também que este conceito é bastante individual, variando de pessoa para pessoa, mas é fato que esta opinião passa por pontos comuns para a maior parte das pessoas, tudo baseado em pesquisas, testes e estudos realizados constantemente com o objetivo de entender como estas questões podem e devem ser mensuradas. O UX Design é parte importantíssima de todo o processo de “venda” da sua identidade, dos valores da sua marca ou dos seus produtos ou serviços propriamente ditos. Conseguir gerar uma percepção positiva por meio deste primeiro contato e das experiências geradas neste momento, sem dúvidas, otimiza e potencializa todo e qualquer investimento feito em desenvolvimento e comunicação. Este relacionamento baseado em boas experiências é forte o suficiente para fidelizar clientes.

A aplicação do UX Design envolve – mas não se limita – às pesquisas sobre o perfil e comportamento do usuário, a mensuração e coordenação de interações físicas e cognitivas. Assim como a coordenação, projeção e desenvolvimento de processos para facilitar a experiência e satisfazer o usuário também fazem parte. Este resultado envolve vários elementos que juntos, proporcionam esta melhor experiência. Mas, afinal, o que seria a melhor experiência? Como medir isso?

Se você é usuário da internet e para estar aqui, neste momento, lendo este post, certamente é, basta pensar o que é para você uma página interessante e gostosa para se navegar. O primeiro ponto sem dúvidas é a beleza da página, conquistada pela união de diversos fatores: harmonia entre texto, imagens e cores utilizadas no projeto gráfico. Já a organização do layout facilita inclusive a localização de conteúdos tornando a página intuitiva. A velocidade com que os elementos são “carregados” para visualização também tem haver com essa sensação de boa experiência na navegação. Sites muito “pesados”, pensados sem esta previsão, tendem a ter um “trânsito” mais difícil, usando uma figura de linguagem para que você entenda melhor. Ninguém gosta de ficar parado em um engarrafamento ou levar horas para andar poucos quilômetros. O mesmo vale para a navegação na internet. É óbvio que a qualidade da internet também interfere neste caso, mas há maneiras de tornar a página mais “leve” para um “tráfego” tranquilo. Isso é ser responsivo!

 

Você Sabe a Diferença entre Mobile e Responsivo?

A Criação de Sites


Independentemente da natureza do seu negócio, ter um site agrega credibilidade a sua empresa. Em muitos casos pode ser o primeiro contato do seu potencial cliente com a sua história. Não por acaso, empresas têm investido e investido pesado para conquistar bom posicionamento nas pesquisas de sites de busca. O desenvolvimento de site ou a criação de sites, envolve diversas etapas de um processo que inclui: pesquisa, desenvolvimento, criação de layout para sites, conteúdo e hospedagem. Web designer e UX designer são dois profissionais importantíssimos neste trabalho, sem falar nos desenvolvedores e conteudistas. Enfim, um trabalho complexo, minucioso, necessário e que representa a certeza de resultados garantidos!

 

Você Sabe a Diferença entre Mobile e Responsivo?

O Marketing de Conteúdo

 

Você certamente já ouviu falar e muito sobre marketing e marketing digital. Mas e marketing de conteúdo? Pois bem, comecemos do início. Marketing é derivado do inglês, market, que quer dizer mercado. Explicando melhor: é o estudo e a avaliação de mercado que permitem entender as diferentes formas como empresas e consumidores lidam nesta relação de compra e venda. O marketing é o responsável por criar no imaginário do público-alvo, desejos que se transformam em necessidades, que são atendidas por meio do consumo de bens ou serviços. O marketing de conteúdo é considerado o combustível do marketing digital. O marketing de conteúdo é fundamental para conquistar relevância e manter relacionamento com o seu consumidor. Vale para redes sociais que buscam engajamento. Vale para sites e blogs que querem aparecer nas primeiras posições, nas páginas de busca. Vale para páginas ou perfis nas redes sociais que querem se destacar.

 

 

Você Sabe a Diferença entre Mobile e Responsivo?

Contrate a Agência Caravela e tenha os melhores resultados!

 

Designer UX, criação de sites, desenvolvimento de site, site responsivo, layout para site, site web designer, hospedagem de site, fazer site, criar site de vendas, loja virtual ou como fazer site: para todas estas buscas, o lugar certo é a Agência Caravela. Temos profissionais especialistas em todas as áreas envolvidas na criação e no desenvolvimento de um site, incluindo o ux designer. Com atendimento personalizado, cada projeto é pensado com o objetivo de atender a necessidade de cada cliente e proporcionar o melhor resultado. Somos uma agência de web design, ux design, publicidade e propaganda. Somos uma empresa de marketing que trabalha com comunicação visual e tem portifólio com variados cases de sucesso. Acesse agenciacaravela.com.br, conheça nosso website ou entre em contato pelo (35) 3722-2350.

 

Serviço:

Agência Caravela

Localização: Rua Rio Grande do Sul, 1.182, Centro – Poços de Caldas (MG)

Telefone: (35) 3722-2350

Site: www.agenciacaravela.com.br/

 

Veja mais informações e dicas em nossas Redes Sociais:

Facebook: www.facebook.com/agcaravela

Instagram: @agenciacaravela

Blog: www.agenciacaravela.com.br/noticias

 


Somos uma empresa de marketing que trabalha com comunicação visual e tem portifólio com variados cas
–– compartilhar